As crianças ao nascer trazem consigo mil possibilidades de
SER.

Vivemos, no entanto, um sufocamento desse potencial da
criança pelo excesso de demandas, padrões e informações externas que cerceiam
as características que a tornam única e especial.

A criança, forçada a viver a concretude do que lhe é externo
muito precocemente, seja em imposições culturais ou imagens prontas, tem sua
personalidade construída nessas bases em que predomina um contato empobrecido
com seu EU.

Precisamos abrir espaços e tempos de contato da criança
com seu interior, com o que ela traz como essência para que ela irradie sua
energia, se descubra e cresça forte e flexível ao mesmo tempo.

É essa busca de oportunidades de autoconhecimento e de
encantamento da criança por si mesma que guia nossa trajetória no ConheSendo!